Sexta-feira, 30 de Novembro de 2007

Amor, Razão e Coração

 

 

AMOR RAZÃO E CORAÇÃO!
Razão fria me incrimina...
A considerar a loucura ...
Deste meu querer...
Meu coração obstinado...
Responde-me...

Tu razão...
Não me dás alivio ou solução...
Não vou te ouvir...
Deixa-me amar...
Ainda que só...
Deixa-me amar...
Pois é só assim que eu vivo...

Vivo e morro...
Choro e imploro...
Renuncio e aceito...
Canto e me calo...

Busco-te e não te acho...
Mas meu coração presente...
A razão deste meu
amor...
E sozinha sigo...
Pois é assim que eu vivo...
Pra vc...

 
Vania Staggemeier
19/08/2005
publicado por Bel às 00:45
link do post | Deixa aqui o teu sentimento | favorito
|
2 comentários:
De Olhos de Mel a 30 de Novembro de 2007 às 02:30
Oie Bel que poema lindo! Doce e terno, embora com indagações sem respostas... Por que será que o amor tem que ter sempre, esses desencontros? Se valer a pena, linda, siga seu coração e lute!
Fique bem, viu?
Beijos
De menina sonhadora a 30 de Novembro de 2007 às 11:09
Ola!
Lindo este teu poema.
bom fim de smana
ha ja algum tempo que nao passava por aqui lool

Deixa o teu mel

.mais sobre mim

.Fevereiro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.pesquisar

 

.posts recentes

. Noite!

. ...

. De volta

. ...

. ...

. Ele dorme...

. Tristeza... ela vem...

. Um sonho... um momento es...

. Esta...

. Quando se ama...

.Baú dos Segredos

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Julho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

.tags

. todas as tags

.links

Caixa Postal