Domingo, 9 de Setembro de 2007

Um sentimento verdadeiramente profundo

 

O coração se fez de tristeza, ardente...

aos prantos, se quis ausente...

magoado abandona o peito carente...

que se esvai sem a linda emoção,

do amor presente.

 

 

 

 

 

 

 

A vida se perde na dor...

da ausencia desse amor,

qual onda de um mar revolto e bravio,

se esvai o coração num imenso vazio.

 

 

 

 

 

Seguirá, então, este corpo sem o coração doente...

pela falta desse amor bandido,

da mulher, antes, amante,

que deixou me ser sofrido.

 

 

O coração, porém não se faz de rogado

e baterá novamente,

se voltar a ser amado,

por você, a quem amo loucamente.

 

 

Ailton Carlos

publicado por Bel às 20:09
link do post | Deixa aqui o teu sentimento | favorito
|
2 comentários:
De Lusitana a 9 de Setembro de 2007 às 20:37
Poema lindíssimo, coberto de sentimento. Aqui está um coração que só pede o amor de quem ama loucamente, para bater...

Dois beijinhos *
De Secreta a 10 de Setembro de 2007 às 14:20
Poema belissimo!
O coração ganha vida , sempre q ama e se sente amado.
Beijito.

Deixa o teu mel

.mais sobre mim

.Fevereiro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.pesquisar

 

.posts recentes

. Noite!

. ...

. De volta

. ...

. ...

. Ele dorme...

. Tristeza... ela vem...

. Um sonho... um momento es...

. Esta...

. Quando se ama...

.Baú dos Segredos

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Julho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

.tags

. todas as tags

.links

Caixa Postal