Quinta-feira, 22 de Maio de 2008

Ele dorme...

Eledorme profundamente ao meu lado, aconchego-me no seu peito e ao ouvido bem baixinho digo-lhe o quanto o amo e como ele é importante para mim. Não consigo dormir e o meu corpo está inquieto, ao mesmo tempo que a temperatura do corpo vai subindo, mas ele dorme tão bem.

Não consigo resistir é mais forte do que eu, a minha mente romântica, mistura-se com a perversa e eu não consigo resistir. Aos poucos os meus lábios perdem-se no seu pescoço masculino, no peito, acabo por envolver um dos seus mamilos entre os meus dentes ao mesmo tempo que a minha língua lhe toca insistentemente, ele acorda e eu continuo a provocá-lo.

Mas agora vou fazer algo diferente, vou vendar-lhe os olhos, coloco-lhe algemas nos pulsos pois desejo levá-lo à loucura como ninguém o levou...

A minha boca vai descendo até ao seu umbigo, entre beijos, mordidelas, carícias e lambidelas, perco-me no corpo dele, perco-me no seu sabor, no seu cheiro. Chego perto dos boxeres e sorriu, então a minha boca chega perto dos seus boxeres, começo a sentir a sua respiração cada vez mais intensa e começo a sorrir, um sorriso cheio de amor e muito desejo.

Com  os dentes começo a despir-lhe os boxeres muito lentamente, a sua repiração acelera a um ritmo louco :P, o meu corpo começa a reagir ao meu próprio jogo e começo a  ficar excitada.

Quando finalmente fica sem boxeres eu recomeço este jogo e volto a beijar-lhe o pescoço, os lábios, morder-lhe a orelha, espalho chantily dos peitos, até ao umbigo e ai a minha língua começa num jogo de carícias, lambidelas, mordidelas, até parar de novo no umbigo.

Volto de novo aos lábios e digo-lhe ao ouvido "és o meu desejo, sou doida por ti, amo-te". Agora começo a massajar-lhe os pés, as pernas e vou subindo lentamente, alterno a massagem, com mordidelas e beijos e então paro nas virilhas, onde começo a passar a minha língua quente e húmida, aqui demoro o tempo necessário para o deixar completamente louco, será que vou conseguir...

A minha língua brinca cada vez mais intensamente, cada vez mais na parte mais intima do seu corpo :P, apercebo-me que ele não aguenta mais tanto prazer, tiro-lhe a venda dos olhos, solto-lhe as algemas e estou completamente nua à frente dele, à frente do homem que mais amo nesta e nas outras vidas...

 

Bel

 

 

 

 

 

 

 

 

Terça-feira, 20 de Maio de 2008

Tristeza... ela vem...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

sinto-me:
Sábado, 17 de Maio de 2008

Um sonho... um momento especial

Acabei de sair do duche, encontro-o sentado na minha cama, o nosso olhar encontra-se...ele quase me devora com o olhos, um olhar de amor, romantismo, misturado com muito desejo.

Trago vestida a minha camisa de noite, discreta mas bem sensual e o meu corpo começa a reagir ao olhar do homem que amo. Ele vem na minha direcção, os nossos corpos encontram-se, eu aperto o meu corpo junto ao dele e ai surge o beijo longo, molhado e tão excitante que ao mesmo tempo é cheio de amor.

Sinto o cheiro do incenso a canela, o quarto está iluminado por velinhas e nada mais, os lençóis são de cetim e neles encontro espalhado petalas de rosas, bem baixinho podemos ouvir uma música romântica e vou deixando envolver-me por aquele ambiente. Ao mesmo tempo deixo-me envolver pelas caricias e pelos beijos dele e ai perco a noção do tempo e tudo se resume a nós os dois, o beijo prolonga-se e cada vez se torna mais intenso, as suas mãos percorrem o meu corpo.

Ele tira-me a camisa lentamente...

Deixamos cair os nossos corpos na cama, eu beijo-o as poucos os meus lábios começam a percorrer o seu corpo, passo a língua pelas orelhas, começo a beijar-lhe o pescoço lentamente e vou descende até aos peitorais ai começo a brincar com a minha língua e vou mordendo suavemente para não o magoar, vou descendo entre beijos, carícias e algumas mordidelas.Aos poucos começo a deixá-lo louco de desejo,cada vez o enlouqueço mais até ele não suportar o desejo, então o jogo vira. Agora é ele que me começa a enlouquecer com os seus beijos e as suas caricias, com as suas ideias e fantasias e eu deixo-me envolver cada vez mais e mais até o desejo ser insuportável e ai os nossos corpos fundem-se quase como se fossem um só.

Então o prazer absoluto chega e sinto-o como nunca o senti, caímos os dois exaustos de tanto prazer..eu abraço-o e ele diz-me ao ouvido que me ama e volta a beijar-me com muito amor e carinho.

Dentro em breve os nossos corpos estão prontos para se envolver de novo no prazer, misturado com tanto amor que ambos sentimos...

 

sinto-me:

.mais sobre mim

.Fevereiro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.pesquisar

 

.posts recentes

. Noite!

. ...

. De volta

. ...

. ...

. Ele dorme...

. Tristeza... ela vem...

. Um sonho... um momento es...

. Esta...

. Quando se ama...

.Baú dos Segredos

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Julho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

.tags

. todas as tags

.links

Caixa Postal