Sexta-feira, 31 de Agosto de 2007

Bom fim de semana

Olá queridos amigos...desejo-vos um fim-de-semana espectacular e muito divertido.
Beijocas ao sabor do mel
Sexta-feira, 24 de Agosto de 2007

A traição

   Ela saiu do bar com as lágrimas a correrem de fio, por mais que tentasse não conseguia controlar-se, não tinha forças para parar de chorar...tinha acabado de ver o namorado aos beijos com outra rapariga. Eles estavam tão envolvidos que nem deram pela presença dela mesmo ao lado, como é que ele podia ter-lhe feito aquilo depois de tudo o que tinha passado juntos, depois de todas as promessas e juras de amor que tinham trocado, depois de estarem juntos à mais de um ano.
   O Pedro estava a chegar à discoteca e viu-a ir na direcção de um carro, com os olhos tapados de lágrimas. Correu com todas as suas forças na direcção dela e conseguiu tirá-la da estrada no momento certo, não podia nem imaginar que a poderia ter perdido.
   Ela abraçou-o com as poucas forças que tinha e começou a soluçar,doia-lhe a cabeça, os olhos mas as lágrimas não queriam parar de correr-lhe pelo rosto. Ele já imaginava  o que tinha acontecido, nunca gostara daquele gajo tinha mesmo cara de gozão, mas também não valia a pena falar com ela, pois estava tão cega que jamais acreditaria em alguém, nem no Pedro o conselheiro de todo o grupo e o rapaz que sofria calado por ela.
   Ele aproveitou o momento  e abraçou-a com força e deu-lhe um beijo carinhoso na testa e levou-me para outro lugar e finalmente falaram. Ela contou-lhe tudo e ele teve tanta vontade de partir a cara toda do namorado dela, como é que ele tinha coragem de trai-la daquela forma em frente de todos os amigos e como é que alguém tinha a ousadia de a magoar depois de tudo o que ela já tinha sofrido, ele tinha que lhe dar uma lição sem ninguém saber.
   Beberam o chá relaxante e ela acabou por adormecer com os olhos inchados no colo dele. A dormir ainda era mais bela,Pedro não aguentava mais, amava-a tanto, não iria esconder mais o que sentia por ela, iria ajudá-la a superar esta dor e ama-la para sempre, não iria permitir que mais ninguém a magoasse. Levou-a casa deitou-a na cama deixou a porta aberta e foi para a sala, não sairia dali...  
Terça-feira, 21 de Agosto de 2007

...

 

 

Amor é fogo que arde sem se ver

 

Luís de Camões


Amor é fogo que arde sem se ver;
É ferida que dói e não se sente;
É um contentamento descontente;
É dor que desatina sem doer;

É um não querer mais que bem querer;
É solitário andar por entre a gente;
É nunca contentar-se de contente;
É cuidar que se ganha em se perder;

É querer estar preso por vontade;
É servir a quem vence, o vencedor;
É ter com quem nos mata lealdade.

Mas como causar pode seu favor
Nos corações humanos amizade,
Se tão contrário a si é o mesmo Amor?

                
  
        

Quarta-feira, 15 de Agosto de 2007

Olá

 

Olá amigos...

 

   Bem peço desculpa por a minha ausência, mas tive umas férias prolongadas sem esperar e tive sempre sem net, mas já estou de volta.

   Espero que tenham passado um feriado muito bom!

 

 

Beijinhos

 

.mais sobre mim

.Fevereiro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.pesquisar

 

.posts recentes

. Noite!

. ...

. De volta

. ...

. ...

. Ele dorme...

. Tristeza... ela vem...

. Um sonho... um momento es...

. Esta...

. Quando se ama...

.Baú dos Segredos

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Julho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

.tags

. todas as tags

.links

Caixa Postal