Quinta-feira, 21 de Junho de 2007

À beira de uma falésia...

 

 

Falésia na Costa Norte da Ilha de S. Miguell

 

 

Olhei para ela, estava sentada à beira de uma falésia, as lágrimas corriam-lhe pela a face a baixo sem ela conseguir controlar. Dei-lhe a minha mão, queria dar-lhe todo o meu apoio ela apertou a minha mão com força, dei-lhe um abraço forte, muito forte, queria passar-lhe toda a minha força, queria que ela sentisse que tudo iria acabar.

Secou as lágrimas, olhou-me nos olhos e disse-me:

- Bel estou apaixonada pelo Pedro (as lágrimas voltaram a cair)

- Qual Pedro Sandra?

- O Pedro Lopes, conheces perfeitamente bem.

- O...o Pe .. dro Lo .. lo .. pes ?

- Sim Bel, o Pedro Lopes, só que ele está apaixonado, por outra mulher, para ele eu não sou nada, simplesmente nada. (E as lágrimas recomeçaram)

- Vamos Sandra eu levo-te para casa, anda.

- Eu não quero, quero morrer, aqui e agora nesta falésia.

- Nãooo , um rapaz, não merece nada disso. Vais ver que vais encontrar uma pessoa que amas de verdade e que também te ame.

- Mas Bel, não percebes que eu amo aquele miúdo, há mais de 2 anos? Tenta pôr-te no meu lugar, tenta.

- Eu sei melhor do que imaginas o que é isso. Sabes até parece que não és a minha melhor amiga, não o que tenho sofrido, todo o mal, que me têm feito? E outra, porque é que nunca me falas-te do Pedro Lopes? Pensas que é melhor vires para aqui sozinha e jogares-te, morreres? Acha que os outros vão rir-se?  Se eu não tivesse vindo até aqui já podias estar morta. Pára de ser parva, por favor e entra naquele carro. (Eu grito com medo e raiva)

A viagem decorre calmamente, ela olha-me nos olhos e pede desculpas.

- Mas Bel para tristezas basto eu, não é? Conta-me como estão as coisas com esse rapaz mistério.

- Logo falamos disso Sandra, agora não é altura certa. ( As lágrimas ameaçavam cair)

- Não me vou esquecer, vamos falar.

Chegamos à nossa rua, estacionei  o carro, dei-lhe um beijo na face e pedi para ter força e se precisa-se eu estaria na porta em frente, disponível a qualquer momento.

Entrei na minha casa, fui para o quarto, joguei a mala para o chão, atirei-me para cima da cama e as lágrimas romperam sem parar. Dei-lhe tanta força, mas agora falta-me forças para lutar...! Olho para o meu telemóvel, tenho 7 chamadas do Pedro Lopes.

Neste momento não consigo falar com ele, fica para mais tarde, neste momento, só consigo chorar, porque o rapaz mistério, o rapaz porque estou completamente apaixonada, o rapaz que ando a sair é o Pedro Lopes...

 

 

 

 

 

Continua....

Terça-feira, 19 de Junho de 2007

...

Olhaste-me nos olhos e disseste-me: amo-te tanto, adoro-te, és a minha melhor amiga, és a minha alegria, sem ti não sei viver,quero que sejas minha para sempre, dos meus olhos cairam lágrimas e tu secaste-as com os teu lábios, abraçaste-me e tentas-te dar-me um beijo nos lábios e eu apenas afastei o meu rosto, olhaste-me com um olhar de interrogação.

Olhei-te bem nos olhos e disse-te desculpa mas tenho medo, medo de me magoar ou de te magoar, tenho medo de não conseguir manter uma relação, medo dos fantasmas do passado, desculpa e comecei a correr, queria sair dali, queria morrer porque te amava e estava cheia de medo.

Mas tu não deixas-te que eu fosse longe, correste atrás de mim, agarraste-me pela cintura e beijaste-me. Não consegui resistir, era o beijo mais apaixonado que me tinham dado em toda a vida, senti que o meu coração nunca tinha batido tão rápido e senti que nunca tinha amado ninguém, talvez gostado.

Aquele beijo durou uma eternidade e quando os nossos lábios se afastaram eu tive a certeza que nunca mais me iria afastar de ti.

 

Bel

 

Sexta-feira, 15 de Junho de 2007

E está é para ti...

 

Passaram 7 anos e ainda parece que foi ontem que eu cheguei ai, cheia de medo, nervosa, num sitio completamente novo, onde não conhecia praticamente ninguém. Rapidamente tudo mudou, as amizades surgiram, as aulas corriam às mil maravilhas e as notas subiam e das minhas amizades fui escolhendo as que mais confiança me davam.

E tu foste uma delas em muito pouco tempo tornaste-te a minha melhor amiga, uma confidente a 100%, uma companheira de todas as horas, uma amiga que sabe ouvir e sabe aconselhar, que sabe rir, chorar, sabe ficar em silêncio quando é necessário, sabe o que quero dizer apenas com um olhar e sabe fazer-me mudar de ideias como estou virada para outro lado. Uma amiga que já me obrigou a comer, já me meteu comida à força na boca, em momentos complicados, momentos de perda de alguém que eu pensava que era muito importante e especial. Uma amiga que riu muito e chorou muito comigo, que me deu muita força, coragem, conselhos, opiniões, uma amiga que me chegou a atender o telefone às 3hoo  da manhã, simplesmente porque eu necessitava de ajuda, num momento de medo e desespero completo. Foram 7 anos a partilhar tantas histórias, a chatear-te com as minhas paixões, os meus desatinos, os meus receios, lágrimas, alegrias, chamadas, abraços, sorrisos, mas estes 7 anos só serviram para a amizade se tornar cada dia mais forte, mais verdadeira, para te tornares numa Irmã, sim uma irmã.

Esta semana tivemos que nos despedir, nunca mais vamos conviver no dia-a-dia, como fazíamos até agora, mas posso garantir-te que não vai ser a distância que vai acabar com a nossa amizade, forte como uma rocha.

Digo-te ainda com as lágrimas nos olhos, que vou sentir muito a tua falta, vou ter tantas saudades tuas, das nossas conversas e dos teus conselhos, agora quem me vai dar aqueles conselhos...!

Mas não me esqueço da tua promessa...de ir comer bolos à tua casa nova com o teu Nando , os bolos do vosso casamento. Do fundo da minha alma espero que sejam muito, mas mesmo muito felizes os dois, até que a morte os separe, porque tu és uma rapariga espectacular e mereces toda a felicidade do Universo.

Só para terminar... quando tiveres filhos, lembra-te de mim eu adorava ser madrinha de um...!

Beijinhos, cheios de saudades, desta maluca.

Bel

Quarta-feira, 13 de Junho de 2007

...

AMOR OU AMIZADE

 

"Perguntei a um sábio,
A diferença que havia
Entre o amor e amizade
Ele me disse essa verdade...
O amor é mais sensível
A amizade mais segura,
O amor dá-nos asas,
A amizade o chão.
No amor há mais carinho,
Na amizade compreensão.
O amor é plantado
E com carinho cultivado,
A amizade vem faceira
E com troca de alegria e tristeza,
Torna-se uma grande e querida companheira.
Mas quando o amor é sincero,
E quando a amizade é concreta,
Ela é cheia de amor e carinho.
Quando se tem um amigo ou uma
Grande paixão,
Ambos os sentimentos coexistem,
Dentro do nosso coração."

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

   Hoje foi um dia muito difícil, foi o dia da despedida, o dia que me separei de muitas pessoas, pessoas que fizeram parte da minha vida durante anos, pessoas com que parilhei o meu dia-a-dia durante 7 anos, pessoas com quem ri, chorei, gritei, pulei, escutei, falei, brinquei, pessoas que me marcaram e que me vão deixar muitas saudades.

   As lágrimas correram e ainda estão a correr...adoro - vos a todos, ficaram para sempre no meu coração.

   Bejinhos Bel 

 

 

Segunda-feira, 11 de Junho de 2007

...

Quarta-feira, 6 de Junho de 2007

...

 

 

Tenham todos um bom feriado....aproveitem e passem pela praia porque o tempo está espectacular.

 

Beijinhos Bel ;)

Segunda-feira, 4 de Junho de 2007

Um sorriso...

.mais sobre mim

.Fevereiro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.pesquisar

 

.posts recentes

. Noite!

. ...

. De volta

. ...

. ...

. Ele dorme...

. Tristeza... ela vem...

. Um sonho... um momento es...

. Esta...

. Quando se ama...

.Baú dos Segredos

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Julho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

.tags

. todas as tags

.links

Caixa Postal