Sexta-feira, 23 de Março de 2007

...

Sentada num banco aprecio o sol quente, penso na minha vida como se ela fosse uma fita de um filme de cinema. Fico perdida nas emoções, nas sensações, nas angústias, nos medos, nas zangas, nas lágrimas, nos gritos, no pânico, na dor, na sensação de ser humilhada e por ser um simples objecto, mas também fico na alegria, na felicidade verdadeira, nos sorrisos sinceros, nas gargalhadas, nas lágrimas de alegria, com a sensação que tenho o mundo nas minhas mãos, a sensação de um arrepio que passa pelo corpo só de um olhar, o coração bater muito rápido, as mãos suarem e o corpo tremer, a saudade. A alegria estampada no rosto e nos lábios um sorriso sincero  de poder ver aqueles rostos conhecidos mas que a distância teima em separar, a alegria de receber um abraço apertado de uma/um amiga/o num momento que tanto precisamos, a alegria de ter ao meu lado pessoas de quem gosto, família, amigos, conhecidos, até às vezes desconhecidos que passam na rua e me sorriem...!

Se pode-se voltar a trás muita coisa mudaria, mas como não posso mudar simplesmente nada, resta-me o arrependimento e por vezes a tristeza do acontecimento. Porque será que a vida por vezes é tão dura, tão fria, será que nem todos têm o direito de uma felicidade verdadeira?

Se olho para trás sinto alegria misturada com muita tristeza, por isso evito olhar, mas se olho para a frente tenho medo do que sinto e do que pode acontecer, medo muito medo...!!

O sol reflecte agora no meu cabelo dando-lhe um brilho especial eu queria ter esse brilho especial mas não o consigo descobrir e nunca ninguém o tentou descobrir. Uma ponta de tristeza reflecte-se nos meus olhos, as lágrimas teimam em cair, mas eu faço força, neste momento ainda tenho força contra elas (as lágrimas).

Será que aquele amor contado em novelas, em livros existe? Ou é apenas uma ilusão que dura no princípio e passado um tempo desaparece como o fumo no céu? Não sei, por vezes gostava que os romances contados nos livros de harlequim fossem verdadeiros, que acontecessem na minha vida, nem que fosse apenas por um dia, mas gostava de conhecer o amor de verdade, não uma brincadeira ou uma mentira...!

Bom fim-de-semana para todos

Beijos ao sabor do mel

Bel

 

 

 

 

Segunda-feira, 19 de Março de 2007

Oi

Olá pessoal, pois é tenho andado desaparecida é que agora estou sem computador nem internet, então é muito complicado, vou tentar vir cá mais vezes.
Só espero que me arranjem o meu computador rápido...!
Beijinhos e uma boa semana para todos.


 

Domingo, 4 de Março de 2007

...

Ele entrou e sentou-se ao meu lado sem dizer uma única palavra, fitou-me olhos nos olhos e deixou cair uma lágrima pelo rosto abaixo, não estava a perceber o que se estava a passar, o que será que tinha acontecido, ele está triste, distante e tão mal.
Olho para ele sem desviar os meus olhos nem por um minuto e pergunto - lhe o que se passa, por está a chorar, ele que é sempre tão forte e seguro, ele que tem sempre tanta esperança e vontade de viver, mas em vez de me dar uma resposta ele agarra-se a mim e começa a chorar ainda mais, fico sem reacção e começo a ficar preocupada agarro-me com força a ele e tento passar-lhe toda a minha calma e o meu apoio...!
Queria dizer-lhe que estava tudo bem, mas não posso pois não sei o que se passa ele continua sem falar comigo e apenas chora.
Passado 5 minutos...
Desculpa - diz ele
O quê? - pergunto
Não quero que fiques assim, queria ser forte para te ajudar mas não estou a conseguir - disse ele
Por favor fala que eu estou a ficar preocupada, daqui a pouco sou eu que estou a chorar que nem uma parva - digo
Ele morreu - disse ele
E novamente começou a chorar
Mas ele quem?- digo eu
Ele..........
Nãooooooo . Não brinques por favor. - digo
Já mais calmo ele diz -me
Achas que eu iria brincar com isso. Ele vinha de mota e um carro completamente fora de controlo bateu-lhe sem hipótese de escapar ou fugir. Lamento muito
Diz-me que não é verdade por favor, diz-me - digo e rompo em lágrimas
Ele abraça -me e desta vez é ele quem me dá todo o seu apoio, eles eram amigos, mas eu era mais que amiga ,não estou a suportar a dor. Mas ele não me deixa sozinha e eu choro sem conseguir controlar a dor e a angústia, caiu no chão sem sentidos...

...

Sinto-me confusa, além de estranha...quero dicidir-me mas não consigo! Não sei o que se passa nem o que se pode vir a acontecer!!!
Tenho medo,muito medo do que sinto...tenho receio de me magoar e falhar mais uma vez. Precisava de viajar para longe pensar e chegar a alguma conclusão...precisava de fugir do mundo e  tentar encontrar uma solução para......
Nem sei para quê, talvez para não me iludir e pensar simplesmente com a cabeça.

Quinta-feira, 1 de Março de 2007

Uma prenda para mim

Pois é pessoal também mereço uma prenda...já que faço anos hoje vou dedicar um post a mim própria...

Pois aqui está a minha prenda uma coisa saborosa para adoçar a vida.

Feliz aniversário Bel

 

sinto-me:

.mais sobre mim

.Fevereiro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.pesquisar

 

.posts recentes

. Noite!

. ...

. De volta

. ...

. ...

. Ele dorme...

. Tristeza... ela vem...

. Um sonho... um momento es...

. Esta...

. Quando se ama...

.Baú dos Segredos

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Julho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

.tags

. todas as tags

.links

Caixa Postal