Quinta-feira, 21 de Dezembro de 2006

O meu Mano

   O meu MANO é um rapaz lindo, super inteligente, simpático , divertido, amigo dos amigos, com um coração do tamanho do mundo, bem levaria a noite toda só em adjectivos. Temos sete anos em diferença, ele viu-me crescer e sempre nos temos dado bem, às vezes temos aquelas zangas normais de irmãos, mas nada de especial.

   Talvez nem sempre mostre o quando gosto dele, mas não é por mal, pois não consigo mostrar os meus sentimentos com muita facilidade, apesar de não o mostrar com muita frequência sei que ele sabe melhor que ninguém como gosto dele. Quem tem irmãos sabe do que estou a falar é algo que não se consegue explicar, é um sentimento verdadeiro, onde não existe lugar para a mentira, para a inveja e nem os ciúmes.

   Já se imaginaram viver sem eles, sem os nossos irmãos, não eu nem consigo imaginar, acho que não conseguiria continuara a viver se o perde-se, por ele e por os meus pais eu daria e dou a minha vida, para que nada de mal lhes aconteça.

   Ele tem estado sempre presente em todos os momentos, principalmente no momento mais complicado que tive até hoje, no momento eu que eu pensei que tinha que suportar sozinha que não teria ninguém para me apoiar, para consolar, para chorar, para dar o braço, o momento em que eu sofri em silêncio, em que estava a dar em maluca e que apenas via uma solução, se me mata-se tudo ficaria bem, ninguém ficaria mal no meio da história. Chorei noites inteiras no escuro e no silêncio do meu quarto, sem ninguém imaginar, chorei sem saber o que fazer, podia contar com duas amigas, mas elas não poderiam fazer nada apenas ouvir-me e darem-me a mão.

   Nunca imaginei uma reacção tão boa da parte deles,  nunca imaginei que me dessem a mão, me dessem todo o apoio que eu precisava, mas lá estavam eles para mim e entre eles estava o meu MANO, que apesar de se sentir desiludido, enganado, com raiva ódio e sei lá mais o quê, correu para me dar não só a mão, mas tudo o que podia dar para me ajudar.

   Nunca esquecerei aquele dia, nem que viva mais de um século.....ele chegou a casa e quando soube ficou desfeito, zangou-se senti medo, raiva, nojo de mim, pena deles, vontade de voltar a trás, desaparecer para sempre, só não queria que eles passassem por aquilo, por minha causa. Nesse dia e nos que vieram a seguir ele fez tudo para me ajudar, tudo o que podia e o que não podia.

   Nunca esquecerei todo o amor, carinho e apoio que me deram , chorei muito mesmo depois de o pesadelo terminar, ainda hoje não estou bem, quando estou mais em baixo, choro, choro muito por tudo, mas isso não interessa a ninguém. Quero agradecer ao meu irmão por tudo, quero agradecer-lhe por o irmão que tem sido e que continua a ser, por ser o MELHOR IRMÃO DO MUNDO.

   Posso ter errado muito, por vezes sou teimosa de mais, pessimista comigo mesma, mas sei que ele tem sempre razão no que diz, apesar de nem sempre querer perceber, mas sei que é sempre verdade.  

   Lembro-me como se fosse hoje de quando éramos mais pequenos jogarmos às setas, lutar karaté, e quando ele se fazia de morto fazia-me chorar com medo. Recordo-me tão bem do dia que ele fez 16 anos, quando passávamos por debaixo daquelas cenas onde passa a água , de tirar-mos fotos ao Tarzan , tanta coisa, tanta.

   ADOROOOOOOOOOOOOOO-TEEEEEEEEEEEEEE MUITOOOOOOOOOOOOOOOO
MANOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO! 

   Assim termino este texto que dedico ao meu mano com todo o amor e carinho, desta mana que GOSTA MUITO, MUITO DELE.........!

  

Beijinhos da Bel

Aquela Tempestade

 

   Aquele temporal não tinha maneira de passar, a chuva era cada vez mais forte e o vento cada vez soprava com mais força, no céu já havia sinais de relâmpagos e não demorou a ouvir-se o primeiro trovão. Ele tinha de voltar para casa, mas daquela forma não dava ainda corria o risco de ter algum acidente ou ficar preso no meio da tempestade, não, não podia deixá-lo partir assim. Sentamo-nos no sofá da sala à espera que tudo volta-se à normalidade, liguei o meu rádio a pilhas para irmos tendo informações de tudo o que se passava lá fora e de repente zás a luz foi-se ao ar, agora não porquê?

   Lá fui eu aos tombos e enfim achei duas velas pequenas e acabei por acende-las, coloquei-as em cima da mesinha da sala. Neste momento começou a tocar a nossa música, aquela música que me deixa louca e me faz sonhar com ele, mas agora ele estava ao meu lado, olhei-o nos olhos e senti-o a percorrer o meu corpo com o seu olhar, beijou-me apaixonadamente um beijo que me deixou sem fôlego, lá fora ouvia-se a chuva cada vez com mais intensidade, cá dentro iluminados apenas por duas velas pequeninas com cheiro a canela, o nosso olhar brilhava. Olhando assim para ele ainda me parecia mais belo, do que à luz do dia, notei que ele olhava para mim e pensava exactamente o mesmo em relação a mim.

   Deixei cair o meu corpo para cima do sofá e puxei-o para mim, os seus beijos e o seu toque quase queimava a minha pele tão suave , então envolvi-o eu também pelos meus beijos e carícias , aquela noite estava a ser mágica e envolvidos pela paixão e pelo prazer, fizemos amor com todo o tempo do mundo, aquela noite seria apenas nossa.

   Acordei estava ele a olhar para mim, com o olhar mais apaixonado que vi até hoje, era apenas três da manhã, mas a luz ainda não tinha voltado nem a chuva parado. Vesti o meu robe e abri a porta para espreitar a noite, ele veio até mim e eu escorreguei para a rua, mas ele agarrou -me e a sensação da chuva a cair nos nossos corpos foi tão mágica que nos envolvemos com ela num beijo longo e eternamente apaixonado. Em casa tínhamos a lareira à nossa espera... podíamos evitar o constipado.

Beijo Bel

publicado por Bel às 00:40
link do post | Deixa aqui o teu sentimento | favorito
|
Terça-feira, 19 de Dezembro de 2006

Barcelona resto da semana

    O resto da semana foi espectacular, fartamo-nos de passear, conhecer sítios novos, passear à beira mar, namorar com o meu lindo e curtir ao máximo o resto dos dias. Foi mágica esta semana, todo este tempo tem sido um sonho real que espero sinceramente durar para sempre, para todo o sempre...!

 

   Olho-o nos olhos e vejo como ele é verdadeiramente belo por dentro e por fora e volto ao dia em que o conheci, um dia que tinha sido realmente divertido, um dia que me tinha divertido com os meus amigos e que acabei por sair sem estar à espera. Quando o conheci achei-o tão giro e divertido, mas o meu pensamento estava noutro lugar, quem sabe noutra pessoa, mas quando naquela noite o olhei com olhos de ver, todo o meu corpo delirou, algo que nunca ninguém me fez sentir e que jamais vou esquecer. Ainda hoje quando volto a pensar naquele dia e naquele lugar consigo sentir a mesma sensação a percorrer-me, consigo ver os meus olhos a brilharem e o meu sorriso, um sorriso que eu já não sabia que era capaz de fazer. Um sorriso que sai da alma, verdadeiramente sincero, rasgado e impossível de disfarçar.

 

publicado por Bel às 23:27
link do post | Deixa aqui o teu sentimento | favorito
|

Corações em Silêncio

   Pois é pessoal hoje não vou falar de Barcelona. Acabei de ler o livro "Corações em Silêncio" de Nicholas Sparks, palavras para o descrever apenas encontro maravilhoso, lindo, mas um tanto triste. Este livre fez-me chorar bastante, ouve partes que não gostei muito, mas fazem parte da história e temos que aprender que a vida não é um mar de rosas, no caminho encontramos muitos espinhos. Fiquei triste quando a personagem do Mitch morreu, mas também não era o principal apesar de ter muita importância na história, mas foi giro a homenagem que o seu amigo Taylor lhe fez. Também o facto como o pai de Taylor morreu me entristeceu, apesar de ser referida a sua morte em quase toda a história quase no fim é que se descobriu como tudo aconteceu.

   Apesar de saber que não passa de uma história fiquei triste e com uma vontade louca de chorar. Fez-me pensar na minha vida até aqui que apesar de não ser muito longa tem sido bem complicada, no entanto quando o conheci voltei a sentir-me viva e que podia ser feliz..............! Mas hoje sinto-me mesmo triste.

   Bom vou ter de dormir!

   Beijinhos a todos

 

 

 

publicado por Bel às 00:37
link do post | Deixa aqui o teu sentimento | favorito
|
Domingo, 17 de Dezembro de 2006

Barcelona (continuação 7)

   As aulas correram super rápido e foram bastantes divertidas.....fui almoçar com o meu namorado ao restaurante Gaig, cá em Barcelona, é um sitio espectacular.............! Terminado o almoço, fomos visitar o Castelo de Montjuic que tem uma vista maravilhosa de Barcelona o meu namorado adorou, fartou-se de me tirar fotos e eu a ele e claro depois de passar por nós um senhor super simpático pedimos-lhe para nos tirar algumas fotos, foi uma tarde maravilhosa.

   Voltamos para casa já de noite, jantamos com o Juan, a Alicia e o Pablo, que cada vez estão mais próximos. O jantar foi paella, feita pela Alicia estava mesmo boa ela cozinha super bem e já me ensinou a fazer muitas comidas tradicionais de cá. Enquando os rapazes vão para a sala ver tv eu e a Alicia arrumamos a cozinha e ela fala comigo sobre o Pablo, parece que está tudo no bom caminho. Esta noite o Juan vai sair com o seu amigo Ramón, a Alicia e o Pablo vão dar uma volta os dois e eu e o meu lindo vamos ficar a ver um filme cá em casa, sabe mesmo bem ficar quentinha no sofá aconchegadinha ao pé dele e aproveitamos os intervalos para namorar.

   Fazemos umas pipocas para petiscar enquanto vemos o filme que vai ser uma comédia romântica, vá lá ele aceitou ver, mas também é um rapaz super romântico disso não posso me queixar. O filme termina com um beijo super apaixonado entre os protagonistas e desta forma dá-nos ainda mais vontade de ficarmos coladinhos a beijarmo-nos. Vamos para o quarto apara estarmos mais à vontade quando os nossos amigos chegarem. E agora vamos namorar bastante até ficarmos bem cansados podem ter a certeza.

   Beijinhos para todos

Restaurante Gaig

Castelo de Montjuic

Castelo de Montejuic

Sábado, 16 de Dezembro de 2006

Barcelona (continuação 6)

   De manhã acordei já passava das 11h00 e já tinha ao meu lado o meu amor com o meu pequeno almoço, foi uma surpresa super agradável, daquelas para começar o dia logo bem. Bom mas a maior surpresa foi quando ele me disse que o fim de semana seria prolongado, pois o seu patrão tinha lhe dado uma semana para descontrair fiquei mortinha de felicidade, bem vou passar a semana toda com o meu amor isto é que vai ser altamente, podem crer.

   Depois de almoço fomos ver um jogo de futebol e de seguida fomos passear até um jardim muito giro, daqueles que vemos montes de casais a passear de mãos dadas e a namorar. Ele adorou, tiramos fotos muito loucas e namoramos a tarde toda, fomos ver o pôr - do - sol à praia e passear de mãos dadas à beira mar, pois o tempo está a mudar e já está muito frio para ir para a água . Foi mesmo fixe esta tarde, adorei, mas afinal tudo o que fazemos juntos é maravilhoso

   À noite fomos até um bar com a Alicia e o Juan , foi divertido dançamos e fartamo-nos de rir com as piadas do Juan e o mais engraçado foi o Juan a ensinar a Ele algumas palavras em espanhol, bem eu e a Alicia não podíamos mais. Encontramos também o Raúl , que é o rapaz mais popular da universidade e além de ser muito giro é um verdadeiro sedutor. Ele dá-se bem com a Alicia e com o Juan , por isso quando vim para cá conheci-o logo e passamos a sair os quatro quase sempre e ele "fez-se" montes de vezes a mim, bem apesar de gostar do meu amor como estava com raiva de ele não querer nada comigo e por me ter deixado partir, comecei a curtir com ele e acreditem que adorei, mas ficamos por ali, pois eu gostava mesmo era do rapaz que tinha ficado em Portugal. Quando ele chegou estava eu no balcão a pagar e veio ter comigo a falar todo querido e a fazer-se ao piso, só lhe disse ao ouvido que o rapaz da blusa vermelha era o meu namorado, bem mudou logo de atitude e foi comigo até à mesa, falou ao Juan e à Alicia e por fim apresentei-o ao meu namorado, bem correu tudo bem e por fim demos lhe bolei até casa.

   Hoje deitamo-nos cedo, pois amanhã tenho duas aulas logo de manhã e depois tenho o dia todo livre, para estar com ele vai ser um dia mesmo à maneira. Bom e agora vou ter de dormir beijocas a todos.

 

 

 

publicado por Bel às 21:57
link do post | Deixa aqui o teu sentimento | favorito
|

.mais sobre mim

.Fevereiro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.pesquisar

 

.posts recentes

. Noite!

. ...

. De volta

. ...

. ...

. Ele dorme...

. Tristeza... ela vem...

. Um sonho... um momento es...

. Esta...

. Quando se ama...

.Baú dos Segredos

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Julho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

.tags

. todas as tags

.links

Caixa Postal